Publicidade

Correio Braziliense

Queiroz pagou R$ 64 mil em espécie por cirurgia em hospital de São Paulo

O pagamento foi feito em 14 de fevereiro. Em janeiro, Queiroz foi internado para a retirada de um câncer no cólon


postado em 24/05/2019 12:45 / atualizado em 24/05/2019 12:53

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
O ex-assessor Fabrício Queiroz, pivô da crise envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), pagou em dinheiro o valor de R$ 64,58 mil por uma cirurgia ao hospital israelita Albert Einstein, em São Paulo. A informações foram obtidas pelo jornal O Globo, que teve acesso a uma nota fiscal eletrônica. De acordo com o documento, Queiroz ficou internado de 30 de dezembro de 2018 a 8 de janeiro de 2019.

O documento mostra que o custo do procedimento total foi de R$ 86,1 mil. No entanto, o assessor e que o ex-assessor teve um desconto de R$ 16,1 mil, pagando, ao todo, R$ 70 mil, sendo R$ 64,58 mil em espécie. O restante foi quitado com cartão de crédito.
 
Segundo a reportagem publicada nesta sexta-feira (24/5), o pagamento foi feito em 14 de fevereiro. Em janeiro, Queiroz foi internado para a retirada de um câncer no cólon.

Queiroz é investigado por suspeita de captação ilícita de salário de servidores no período em que foi assessor de Flávio Bolsonaro, ex-deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade