Publicidade

Correio Braziliense

Marido da deputada e cantora gospel Flordelis é assassinado em Niterói

Segundo a Polícia Militar, o pastor Anderson do Carmo de Souza, de 42 anos, foi executado por volta das 4h, com diversos tiros, após chegar em sua residência no bairro Pendotiba


postado em 16/06/2019 13:37

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
O marido da deputada federal Flordelis (PSD) foi morto a tiros na madrugada deste domingo, 16, em Niterói, região metropolitana do Rio.

Segundo a Polícia Militar, o pastor Anderson do Carmo de Souza, de 42 anos, foi executado por volta das 4h, com diversos tiros, após chegar em sua residência no bairro Pendotiba.

De acordo com a PM, Souza chegou a ser socorrido para o Hospital Niterói D'Or, no bairro Santa Rosa, mas não resistiu aos ferimentos.

Por volta das 9h30, uma equipe da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) realizou perícia no local do crime.

Em nota divulgada nas redes sociais da deputada, que também é cantora góspel, a assessoria informa que Flordelis está muito abalada e ainda não tem como se pronunciar. “O Pastor Anderson estava cumprindo um ministério maravilhoso de redenção de almas, em uma luta diária para evitar que o ódio continue a ceifar vidas por falta de Deus no coração dos seres humanos. Hoje é um domingo muito triste, muito triste em nossas vidas. Pedimos as orações de todos”, diz o comunicado.

A pastora Flordelis foi uma das deputadas federais mais votadas pelo Rio de Janeiro e é cotada para concorrer à Prefeitura de São Gonçalo. Ela e o marido são pais de 55 filhos, sendo quatro deles biológicos e dos demais adotados. 

Mensagem de Damares

A ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, lamentou o caso em sua conta no Twitter.

"Estou profundamente abalada com a notícia do assassino do meu querido amigo e pastor Anderson Carmo, esposo da minha também amiga deputada @Flordelismk. Uma pessoa ímpar, exemplo para tanta gente. Pai de 56 filhos, a maioria adotivos", escreveu Damares.

Além dela vários políticos e religiosos se pronunciaram nas redes sociais.  Entre eles, o deputado Pompeo de Mattos (PDT) disse ser “lamentável a morte violenta do Pastor ANDRRSON”. ”Minha solidariedade à @Flordelismk e família. Que Deus lhe dê forças”, registrou. Com informações da Agência Estado

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade