Publicidade

Correio Braziliense

''Se houver irregularidade eu saio do cargo'', diz Sérgio Moro

O ministro da Justiça e Segurança Pública está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado para esclarecer sobre supostas trocas de mensagens com o procurador Deltan Dallagnol


postado em 19/06/2019 15:27 / atualizado em 19/06/2019 15:48

Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública (foto: Geraldo Magela/Agência Senado)
Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública (foto: Geraldo Magela/Agência Senado)
Após dizer que não lembra exatamente do conteúdo das mensagens trocadas com o procurador Deltan Dallagnol, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse que, apresentada qualquer irregularidade de sua parte frente à Lava-Jato, pedirá demissão. O ex-juiz chegou a dizer até que pode estar sendo alvo de fake news.

“Não tenho apelo pelo cargo em si. O site que mostre tudo, todas as conversas e, se houve irregularidade, eu saio do cargo”, disse o ministro em resposta ao questionamento do senador Jaques Wagner (PT-BA).

O ministro Sérgio Moro diz que as mensagens mostradas até agora são completamente normais, embora tenha afirmado que não pode reconhecer a autenticidade do material por “um golpe de memória”. Irredutível, trata o conteúdo como “mensagens que eu supostamente mandei”, mas destaca que “pode ter dito algumas coisas”.

“Não tenho mais essas mensagens no meu aparelho celular. Utilizei o Telegram em determinado período. Mas, em 2017, acabei achando que aquele aplicativo de origem russa não era muito seguro. Então, saí. Não tenho as mensagens”, complementou.

Sérgio Moro é o segundo ministro de Jair Bolsonaro que ameaça deixar o cargo em sabatinas do Congresso Nacional. Antes dele, Paulo Guedes, o ministro da Economia, também disse aos parlamentares que, caso a reforma da Previdência fosse tratada como “uma reforminha”, colocaria a vaga à disposição do presidente Jair Bolsonaro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade