Publicidade

Correio Braziliense

TCU notifica Guedes para que explique investigação em contas de Greenwald

O TCU deu 24 horas para que o ministro responda se o jornalista Glen Greenwald é alvo de invetigação pelo Coaf. Subprocurador vê tentativa de intimidação na suposta ação


postado em 08/07/2019 18:41 / atualizado em 08/07/2019 19:28

(foto: Jefferson Rudy/Agência Senado - Vinicius Loures/Camara dos Deputados)
(foto: Jefferson Rudy/Agência Senado - Vinicius Loures/Camara dos Deputados)
O Tribunal de Contas da União (TCU) entregou, no fim da tarde desta segunda-feira (8/7), uma notificação para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, explique, em 24 horas, se o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) está investigando eventuais movimentações financeiras atípicas do jornalista Glenn Greewald, do site The Intercept. 

O pedido de explicações, que também foi enviado ao presidente do Coaf, Roberto Leonel de Oliveira Lima, ocorre por solicitação do subprocurador-geral do Ministério Público de Contas, Lucas Rocha Furtado. Paulo Guedes e Roberto Leonel devem responder por escrito. A depender da explicação, o TCU pode ou não dar seguimento a análise do caso.

Furtado afirma que, se verdadeira, a investigação teria como motivação intimidar o jornalista. "A motivação dessa investigação teria sido, mediante perseguição e abuso de poder, intimidar o jornalista”, escreveu no documento enviado ao TCU.

Greenwald é autor de diversas reportagens que revelaram mensagens de celular atribuídas ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, e procuradores da Lava-Jato. O conteúdo dos diálogos levanta suspeitas de que Moro ultrapassou o papel de juiz quando era titular da 13ª Vara Federal de Curitiba. A informação de que o jornalista é alvo de uma investigação foi dada na semana passada pelo site O Antagonista.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade