Publicidade

Correio Braziliense

Anúncio sobre saques do FGTS fica para a próxima semana, diz Onyx

Segundo ministro, os detalhes técnicos ainda estão sendo ajustados pela equipe econômica e isso motivou o prazo de uma semana para o anúncio


postado em 18/07/2019 14:43 / atualizado em 18/07/2019 15:22

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa sobre o saque do FGTS, após encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes(foto: José Cruz/Agência Brasil )
O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa sobre o saque do FGTS, após encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes (foto: José Cruz/Agência Brasil )


O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) será semana que vem, contrariando a expectativa de que o presidente Jair Bolsonaro anunciaria nesta quinta-feira (18/7) em cerimônia de comemoração pelos 200 dias de governo.

Segundo o ministro, o prazo de até a próxima semana é necessário para que ajustes técnicos sejam feitos pela equipe econômica. O governo também deve liberar o acesso a contas inativas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

“Os técnicos estão fazendo ajustes e nós tomamos a decisão de que na semana próxima vai ser feita a apresentação da medida provisória que trata do Fundo de Garantia e também do PIS/Pasep. Os dois serão apresentados conjuntamente, provavelmente entre quarta e quinta-feira da semana que vem”, disse o ministro à Agência Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade