Publicidade

Correio Braziliense

Cirurgia de Jair Bolsonaro chega ao fim após cerca de cinco horas

Esta é a quarta intervenção cirúrgica desde que Bolsonaro foi atingido por uma facada em setembro do ano passado


postado em 08/09/2019 08:53 / atualizado em 08/09/2019 15:37

Bolsonaro passa por quarta cirurgia após atentado a faca(foto: Evaristo Sa)
Bolsonaro passa por quarta cirurgia após atentado a faca (foto: Evaristo Sa)
O presidente Jair Bolsonaro passou por mais uma cirurgia neste domingo, (8/9). Esta é a quarta intervenção cirúrgica desde que Bolsonaro foi atingido por uma facada em setembro do ano passado, em Juiz de Fora (MG). De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, a cirurgia começou às 7h35 e terminou às 12h40. A previsão inicial dos médicos era de três horas de cirurgia.

O procedimento corrigiu uma hérnia que surgiu na região onde foram feitas três operações, e foi comandado pelo médico Antônio Luiz Macedo, que atendeu o presidente após o atentado há quase um ano. Segundo a assessoria do hospital, a técnica utilizada no presidente foi a Herniorrafia Incisional com implantação de tela. "O paciente fará sua recuperação no apartamento e apresenta quadro estável. Por orientação médica, estará com visitas restritas nesse momento", informou em nota.

Bolsonaro está internado desde a noite de sábado, (7/9), no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. O presidente está acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro e dois de seus filhos: o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador carioca Carlos Bolsonaro, e uma comitiva presidencial.

Bolsonaro vai se licenciar do cargo por cinco dias e não três, como previsto inicialmente. A partir de domingo (8), o vice-presidente Hamilton Mourão assume oficialmente o governo. A previsão é que Bolsonaro retome o cargo ainda no hospital, enquanto estiver internado, mas somente após um período inicial de recuperação. Ao todo, ele deve permanecer no hospital por até dez dias. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade