Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro recebe visita de Moro e, pelo Twitter, destaca medidas do governo

Pela manhã, boletim médico do hospital informou que o presidente continua "apresentando melhora clínica progressiva"


postado em 15/09/2019 17:49 / atualizado em 15/09/2019 20:35

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)
Enquanto se recupera de uma cirurgia de correção de uma hérnia no abdômen, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro
recebeu, neste domingo (15/9), a visita do ministro da Justiça, Sergio Moro.

Moro estava acompanhado da esposa, a advogada Rosângela Moro. Uma foto dos três mais a primeira-dama, Michelle, foi postada no Twitter do presidente. O ministro também publicou a imagem. "Visita ao Sr. Presidente e à Sra. Primeira-dama. Conversa agradável. Presidente recupera-se muito bem. O homem é forte", escreveu Moro.



Ações do governo

Bolsonaro dedicou parte do domingo a destacar, em sua conta no Twitter, informações que apontou como avanços do governo.

"Pensão vitalícia para portadores do Zika vírus; início da chegada dos novos caças de defesa e ataque - Gripen; cargueiro multitarefa KC-390 projetado nacionalmente; estas são umas das tarefas cumpridas pelo governo e anunciadas na última semana. Vamos adiante!", tuitou o presidente.


Ele também comemorou outros resultados, como a queda do risco país, a abertura do mercado de carne para a Indonésia e a "liberação histórica do FGTS".

 

O presidente dirigiu o primeiro tuíte do dia de ontem aos familiares e aos apoiadores do governo. No texto, ele também voltou a acusar os partidos de esquerda pelo atentado a faca que sofreu em setembro do ano passado, em Juiz de Fora (MG), em meio à campanha eleitoral.

"Matando a saudade da minha filha. Depois de mais uma cirurgia, fruto do atentado praticado por um militante de esquerda contra minha vida, fiquei fora de combate por um tempo, mas o carinho da minha família e de todos que acreditam num Brasil melhor me ajuda a seguir lutando", escreveu.

Pela manhã, boletim médico do hospital informou que o presidente continua "apresentando melhora clínica progressiva" e que as visitas seguem restritas.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade