Publicidade

Correio Braziliense

Procurador tenta matar juíza a facadas no TRF-3; AGU se pronuncia

Homem invadiu a sala da magistrada e chegou a ferir a vítima que teve ferimentos leves


postado em 03/10/2019 21:29 / atualizado em 03/10/2019 22:17

(foto: TRF3/Divulgação)
(foto: TRF3/Divulgação)
Um procurador da Fazenda Nacional tentou matar uma juíza a golpes de faca no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, em São Paulo, nesta quinta-feira (3/10). 

 

De acordo com o portal Conjur, especializado em assuntos jurídicos, o procurador Matheus Carneiro Assunção foi preso ao atacar a juíza federal Louise Filgueiras.

 

Ele entrou na sala de Louise, onde ela despacha, se aproximou da mesa e chegou a atingir a magistrada no pescoço. Como a mesa era grande e ele não conseguia acessar a vítima, jogou uma jarra de vidro na direção dela. O barulho chamou a atenção de assessores, que imobilizaram o agressor. A juíza sofreu um ferimento leve e seu estado de saúde é estável. 

 

Louise estava substituindo um colega na audiência. A assessoria do TRF-3 informou que ainda não tem conhecimento do caso. 

 

A Advocacia-Geral da União (AGU) lamentou o ocorrido e disse que abrirá uma sindicância para apurar os fatos. 

Veja nota na íntegra 

Referente à prisão do procurador da Fazenda Nacional acusado de tentativa de homicídio contra juíza federal, o advogado-geral da União determinou a imediata abertura de sindicância investigativa no âmbito da instituição. A Advocacia-Geral da União lamenta o ocorrido, registra irrestrita solidariedade à magistrada e repudia todo e qualquer ato de violência. 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade