Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro sanciona crédito de R$ 3 bi para ministérios

O governo precisou enxugar gastos na educação, entre outras áreas para liberar os recursos


postado em 17/10/2019 22:42

(foto: AFP / EVARISTO SA)
(foto: AFP / EVARISTO SA)
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) sancionou nesta quinta-feira (17) o crédito suplementar que libera R$ 3 bilhões para ministérios do governo, como parte do acordo para a votação em primeiro turno da reforma da Previdência. O governo precisou enxugar gastos na educação, entre outras áreas para liberar os recursos. A previsão é que o texto seja publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (18).

As pastas que receberão mais recursos são Defesa (27,6%), Saúde (24,07%) e Desenvolvimento Regional (23,01%).

Segundo o Planalto, o crédito aprovado será financiado a partir do cancelamento de dotações orçamentárias, não gerando custo adicional aos cofres públicos. Por se tratar de simples remanejamento de dotações, a Lei não afeta o cumprimento do Teto de Gastos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade