Publicidade

Correio Braziliense

Ciro diz que foi procurado por PT, PSol e PCdoB para discutir cenários

A afirmação de Ciro Gomes sobre ter sido procurado por partidos de esquerda foi feita no Twitter, nesta sexta-feira


postado em 18/10/2019 17:57

(foto: Carl de Souza/AFP)
(foto: Carl de Souza/AFP)
O ex-governador do Ceará e candidato à Presidência pelo PDT em 2018, Ciro Gomes, afirmou nesta sexta-feira (18/10) que foi procurado pelas lideranças dos principais partidos de oposição para debater cenários políticos futuros.

"Já estou em Florianópolis para duas palestras hoje e amanhã. Para minha grande alegria, lideranças do PT, PSOL e PCdoB nos procuraram para debater os cenários para o ano que vem e também as lutas que nos unem", postou Ciro no Twitter.



Não ficou claro se as lideranças que o procuraram são as locais ou nacionais. Nos comentários, porém, os internautas interpretaram a postagem como sinal de uma possível união da esquerda em 2020 e 2022.

Pesquisa e "Fernanda Montenegro"

A manifestação de Ciro ocorre no mesmo dia em que uma pesquisa apontou maior popularidade entre políticos da direita, como o presidente Jair Bolsonaro; o ministro da Justiça, Sergio Moro; e o apresentador Luciano Huck que os da esquerda, campo no qual o campo mais forte continua sendo o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ainda nesta sexta-feira, foi ao ar uma entrevista de Lula ao UOL na qual o petista diz que gostaria de servir como uma espécie de guia para Ciro Gomes. "Assisti a 'Central do Brasil' e vi a Fernanda Montenegro tentando ajudar aquele menino nervoso, rebelde. Lembrei do Ciro. Ela convenceu o menino, levou o menino à família e depois foi embora. Gostaria que o Ciro permitisse que eu fosse a Fernanda Montenegro dele", afirmou Lula.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade