Publicidade

Correio Braziliense

No Japão, Bolsonaro defende a exploração da Amazônia: ''Não abro mão''

O presidente também disse que está preocupado com a crise vivida pelo presidente Piñera, no Chile


postado em 21/10/2019 10:30 / atualizado em 21/10/2019 12:14

(foto: José Dias/PR)
(foto: José Dias/PR)
Pouco depois de chegar ao Japão, onde participará da cerimônia de entronização do imperador Naruhito, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a exploração da Amazônia.

"Tem que ser explorada, não abro mão disso", afirmou o presidente a jornalistas, para quem os cerca de 20 milhões de pessoas que moram na região não podem ficar isolados, sem acesso a iniciativas de desenvolvimento econômico. 
Bolsonaro também comentou os conflitos no Chile que pressionam o presidente Sebastian Piñera, que, nesta segunda-feira (21/10), disse que o país "vive uma guerra".

"Tudo o que acontece na América do Sul a gente se preocupa", afirmou o brasileiro. "O Piñera me apoiou muito no último G7", completou, referindo-se ao período em que protagonizou uma troca de farpas com o presidente da França, Emmanuel Macron, sobre as queimadas na região amazônica. Na volta do G7, Piñera visitou Bolsonaro no Palácio da Alvorada.

Passeio por Tóquio

Na primeira atividade em solo japonês, o presidente Bolsonaro visitou o Santuário Meiji, um templo xintoísta localizado no bairro Shibuya, em Tóquio. Acompanhado do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e de outros membros da comitiva presidencial e da Embaixada Brasileira, Bolsonaro participou de um ritual de purificação na entrada do local. 

Após a visita ao santuário, o grupo saiu do local caminhando em direção à Rua Takeshita, uma atração turística de Tóquio. No caminho, o presidente foi abordado e tirou fotos com pessoas nas ruas.

Com informações da Agência Estado

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade