Publicidade

Correio Braziliense

''Deveria ser mantida como está'', diz Mourão sobre prisão em 2ª instância

O julgamento ocorre nesta quarta-feira (23/10) no Supremo Tribunal Federal


postado em 21/10/2019 19:11 / atualizado em 21/10/2019 19:53

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O presidente da República em exercício, general Hamilton Mourão (PRB), falou sobre o julgamento que tratará da prisão em segunda instância na próxima quarta-feira (23/10) no Supremo Tribunal Federal (STF). “Minha opinião pessoal é que ela deveria ser mantida como está, minha opinião pessoal, como cidadão”, apontou.

Os ministros se reúnem para dar continuidade ao julgamento de ações que questionam a constitucionalidade da prisão em segunda instância. Está em discussão se réus podem ou não ser presos antes do fim do processo. O caso chega na fase mais crítica, em que os ministros começam a proferir seus votos. No momento, vale a decisão do próprio STF, de novembro de 2016, que autoriza a execução da pena antes da apreciação de todos os recursos. Foi neste entendimento que o ex-presidente Lula foi preso no ano passado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade