Publicidade

Correio Braziliense

Revista: Marcos Valério aponta Lula como mandante da morte de Celso Daniel

Depoimento faz parte de investigação sigilosa conduzida pelo grupo de combate ao crime organizado do MP


postado em 25/10/2019 11:23

(foto: Reprodução Youtube)
(foto: Reprodução Youtube)
Detalhes de um depoimento do publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza divulgados pela Revista Veja, nesta sexta-feira (25/10), apontam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como mandante da morte do ex-prefeito petista de Santo André, Celso Daniel, assassinado a tiros após um sequestro em 2002. 

 

Segundo a publicação, o relato feito ao Ministério Público de São Paulo foi de que um empresário que chantageou graduados do PT teria dito que iria implicar Lula como ‘cabeça’ da morte do correligionário. O depoimento gravado também em vídeo foi encaminhado pelo promotor Roberto Wider Filho ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP e anexado a uma investigação sigilosa em curso. 

 

Marcos Valério disse ter sido chamado a resolver o problema da chantagem do empresário Ronan Maria Pinto, que prestava serviços à Prefeitura de Santo André. Isso significa que ele deveria pagar pelo silêncio.

 

Em reunião com o chantagista em um hotel de São Paulo, segundo Valério, Ronan exigiu dinheiro e disse que não pagaria o pato sozinho. Foi então que afirmou que iria “apontá-lo (Lula) como cabeça da morte de Celso Daniel”. Segundo Veja, no depoimento Valério disse ter se encontrado com Lula e dito que resolveu o problema.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade