Publicidade

Correio Braziliense

Manifestantes pedem impeachment do ministro Gilmar Mendes, no Rio

Vestidos de verde e amarelo e enrolados em bandeiras do Brasil, os manifestantes pediam o afastamento do ministro do STF


postado em 17/11/2019 15:24 / atualizado em 17/11/2019 15:26

O juiz do STF foi chamado de ''inimigo número um do Brasil'' (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O juiz do STF foi chamado de ''inimigo número um do Brasil'' (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
No Rio, a manifestação pedindo o impeachment do ministro Gilmar Mendes ocorreu pela manhã deste domingo (17/11), na praia de Copacabana, na altura do Posto 6. Organizado por Movimento nas Ruas, Movimento Conservador e Movimento Brasil Conservador, o evento contou com dois carros de som e conseguiu reunir algumas dezenas de pessoas, que ocuparam menos de um quarteirão da praia.

Os manifestantes que compareceram estavam, em sua maioria, vestidos de verde e amarelo, enrolados em bandeiras do Brasil. "Gilmar Mendes vai cair" e "Fora Gilmar Mendes" eram os slogans mais repetidos pelos participantes, na manhã deste domingo que amanheceu parcialmente nublado.

O juiz do STF foi chamado também de "inimigo número um do Brasil". Um boneco inflável gigante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com os dizeres "cafetão de Gilmar" também marcou presença no evento.

A hashtag #BrasilContraGilmarMendes esteve entre os Topic Trendings, como são chamadas as postagens mais populares no Twitter, durante toda a manhã deste domingo. Havia quase 500 mil tuítes sobre o tema até pouco antes das 14h.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade