Publicidade

Correio Braziliense

Provocações de deputados apequenam CPMI das Fake News

Sessão que já dura mais de seis horas é marcada por ataques pessoais por parte dos parlamentares


postado em 04/12/2019 19:46 / atualizado em 04/12/2019 20:09

(foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)
(foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)
Confinados há mais de seis horas na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) sobre as Fake News, deputados apequenam a atividade legislativa ao fazer ataques pessoais uns aos outros, ultrapassando o objetivo do encontro. 

O deputado Filipe Barros (PSL-PR) atacou a colega Joice Hasselmann (PSL-SP), convidada a prestar esclarecimentos sobre suposta rede de robôs controlada pela família Bolsonaro, chegando a mostrar áudios em que a parlamentar aparece xingando um senador.

Joice respondeu e teve a fala endossada pelo deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), hoje seu aliado. Em defesa de Filipe, o deputado Carlos Jordy (PSL-RJ) provocou Joice dizendo Frota teria dado origem ao apelido "Peppa" -- menção à porquinha do desenho animado que é frequentemente comparada a Joice em ataques nas redes sociais.

Frota solicitou o tempo de líder para ironizar Jordy, dizendo que "soube por ele mesmo" que, ao se conhecerem, o deputado "sentou no meu colo". Em tom de brincadeira, completou: "olha, eu não sabia que tinha ido ali, não".

A referência foi treplicada pelo parlamentar fluminense, que afirmou ter "10 anos" quando se conheceram. "Fomos juntos ao Maracanã", afirmou, emendando: "mas não tem nem o que dizer. O deputado fez aí uma cirurgia para colocar (...) tirar (...)" o pênis.

Após um problema na uretra, Alexandre Frota fez uma cirurgia no órgão sexual e, inclusive, recebeu apoio da internet por abrir uma campanha sobre prevenção de doenças na área do pênis.

Após a confusão, o presidente da sessão, senador Ângelo Coronel (PSD-BA) interveio e obteve apoio do deputado Paulo Ramos (PDT-RJ), que ponderou: "não podemos perder a perspectiva"

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade