Publicidade

Correio Braziliense

João Dória nega guinada à direita no PSDB

Para o político, legenda segue no centro, ouvindo propostas de ideologias diversas


postado em 07/12/2019 15:44 / atualizado em 07/12/2019 16:16

(foto: Renato Souza )
(foto: Renato Souza )
O governador de São Paulo, João Dória, negou que seu partido, o PSDB, esteja passando por uma guinada à direita. A legenda se reúne em um congresso nacional em Brasília, neste sábado (07). 

 

Em seu discurso no evento, Dória também criticou a polaridade politica pela qual passa o país. “Quem aposta nisso está errando flagrantemente. Não há aceno nem à direita, nem à esquerda. O Brasil não pode viver na conflagração, no Fla-Flu permanente. Os adversários são aqueles que propõem o antagonismo, que propõem as situações extremas", disse Dória.

 

O político destacou ainda que a sigla permanece no centro e disse que a intenção é ouvir propostas de direita e esquerda. "O extremo não vai conduzir o Brasil a nenhum canto. Não há nenhum endireitamento. Há um direcionamento do PSDB, é diferente. Somos democráticos, do centro liberal, que respeita e ouve as teses da direita e da esquerda e se afasta dos extremos”, completou João Dória.

 

Ao longo do Congresso, vários integrantes do PSDB lançam indiretas contra o governo, sem citar nomes. Esse foi o caso da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra. "Enquanto tem gente pedindo a volta da ditadura, estamos fortalecendo a democracia. Temos que debater fundamentalmente os problemas que afetam o nosso Brasil. Chega de superficialismos", disse Raquel.

 

Declarações do governo sobre o regime militar, ataques as minorias e mudanças em políticas sociais foram criticadas. No entanto, entre os que se revezam no palco, é unânime a importância de reformas políticas, sociais e econômicas. Além de Dória, estão presentes o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite e o presidente da legenda, Bruno Araújo. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade