Publicidade

Correio Braziliense

''Infelizmente ele se corrompeu'', lamenta Sérgio Moro sobre Lula

Ministro da Justiça afirmou que provas do caso relacionado ao triplex do Guarujá foram chanceladas por várias instâncias do Poder Judiciário


postado em 10/12/2019 14:35

(foto: Sérgio Lima/AFP)
(foto: Sérgio Lima/AFP)
O ministro da Justiça, Sérgio Moro, afirmou, nesta terça-feira (10/12), que o caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva "faz parte de seu passado" e que as provas apresentadas no processo relacionado ao triplex do Guarujá revelam que "ele se corrompeu". 

 

Moro falou sobre o caso ao ser questionado pela imprensa sobre uma pesquisa que apontou que a maioria dos brasileiros achou justo que o ex-presidente fosse colocado em liberdade. "O fato é que presidente foi considerado culpado, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro por várias instâncias da Justiça. As provas mostram que, infelizmente, ele se corrompeu", disse Moro.

 

O ministro participou no começo da tarde do seminário "Supremo em ação", promovido pelo Instituto de Estudos Jurídicos Aplicados (IEJA). Ele falou também sobre o pacote anticrime, enviada pelo Executivo ao parlamento. "Não cabe a mim aceitar ou não a decisão do Congresso. É natural que qualquer proposta sofra alterações. É parte da democracia. Acho que no futuro podemos tentar novamente algumas propostas", completou o ministro. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade