Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro defende desenvolvimento sustentável e provoca Greta e Cop-25

O pronunciamento da jovem de 16 anos foi classificado pelo chefe do Executivo federal como ''showzinho''


postado em 11/12/2019 14:45

(foto: Marcos Corrêa/PR)
(foto: Marcos Corrêa/PR)
Em tom irônico, o presidente Jair Bolsonaro provocou a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019 (Cop-25) e, por mais uma vez nesta quarta-feira (11/12), a ativista sueca Greta Thunberg. Ao sugerir uma defesa ao destravamento do cultivo de cana-de-açúcar no Amazonas, brincou dizendo que a fala poderia ser interpretada de outra forma por autoridades presentes na convenção conduzida pela Organização das Nações Unidas (ONU), a qual Greta discursou hoje. O pronunciamento da jovem de 16 anos foi classificado pelo chefe do Executivo federal como “showzinho”. 

As falas de Bolsonaro foram ditas durante seu discurso em evento organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Ao lembrar que revogou decreto de 2009 que impedia o cultivo da cana-de-açúcar na Amazônia, por conta de um zoneamento ecológico em biomas sensíveis, o presidente adotou o tom irônico ao se referir ao Cop 25. “Sabiam que, no estado do Amazonas, era proibido plantar cana-de-açúcar por decreto presidencial? Espero que o pessoal da Cop não queira me acusar de querer substituir a floresta amazônica por um grande canavial”, disse. 

Para Bolsonaro, o país é criticado no mundo por um suposto interesse das principais potências econômicas em explorar as riquezas brasileiras. “A sanha, a maneira como se ataca essa questão ambiental, virou uma política econômica. O único país do mundo que agride o meio ambiente, que faz mal, é o Brasil, segundo eles, enquanto é exatamente o contrário. Ninguém tem área tão preservada quanto a nossa. Pergunte o tamanho da nossa mata ciliar, (...) mas pergunte em palmos, não em metros”, sustentou. 

A fala foi sucedida de mais uma provocação a Greta nesta quarta. Desta vez, sem citar nominalmente o nome da ativista. “Tem até uma pirralha, que tudo que ela fala a nossa imprensa — ô nosso imprensa, pelo amor de Deus — dá um destaque enorme. Ela, agora, está fazendo seu showzinho na Cop 25, mas tudo bem, acredito que nós teremos meios de mudar o Brasil”, comentou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade