Politica

Cúpula do TJ de São Paulo toma posse nesta terça-feira, sem formalidades

Agência Estado
postado em 06/01/2020 13:19
Os integrantes do Conselho Superior da Magistratura (CSM) e da Diretoria da Escola Paulista da Magistratura - eleitos em pleito com recorde de votos válidos, no dia 4 de dezembro, para os cargos de direção e cúpula do Poder Judiciário paulista para o biênio 2020/2021 - assumirão seus cargos, sem formalidades, nesta terça-feira, dia 7, às 14 horas, em ato administrativo na Sala Ministro Costa Manso, no 5.º andar do Palácio da Justiça (Plenária). Será o retorno do recesso de fim de ano. O presidente eleito, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, e os demais integrantes do Conselho Superior da Magistratura e Escola Paulista da Magistratura optaram em realizar a posse solene, na Abertura do Ano Judiciário, na primeira semana de fevereiro, em data a ser informada oportunamente, no Salão dos Passos Perdidos - 2º andar do Palácio da Justiça. Confira os desembargadores que assumirão os cargos: Conselho Superior da Magistratura (biênio 2020/2021) - Geraldo Francisco Pinheiro Franco (presidente) - Luis Soares de Mello Neto (vice-presidente) - Ricardo Mair Anafe (corregedor-geral da Justiça) - Guilherme Gonçalves Strenger (presidente da Seção de Direito Criminal) - Paulo Magalhães da Costa Coelho (presidente da Seção de Direito Público) - Dimas Rubens Fonseca (presidente da Seção de Direito Privado) Escola Paulista da Magistratura (biênio 2020/2021) - Luís Francisco Aguilar Cortez (diretor) - Milton Paulo de Carvalho Filho (vice-diretor) - Renato Rangel Desinano (Seção de Direito Privado) - Dácio Tadeu Viviani Nicolau (Seção de Direito Privado) - Moacir Andrade Peres (Seção de Direito Público) - Luciana Almeida Prado Bresciani (Seção de Direito Público) - Fernando Antonio Torres Garcia (Seção de Direito Criminal) - Adalberto José Queiroz Telles de Camargo Aranha Filho (Seção de Direito Criminal) - Carlos Bortoletto Schmitt Corrêa (juiz de entrância final)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação