Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro sobre a esquerda: 'Não merecem ser tratados como pessoas normais'

O presidente Jair Bolsonaro também disse que o Brasil não pode permitir a volta da esquerda ao poder nas eleições de 2022


postado em 16/01/2020 19:02

(foto: Marcos Corrêa/PR)
(foto: Marcos Corrêa/PR)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quinta-feira (16/1), durante solenidade no Palácio do Planalto que as pessoas de esquerda não merecem ser tratadas "como pessoas normais". 

"Abra a mente daqueles que estão do lado da esquerda. Essa maldita esquerda que não deu certo em nenhum lugar do mundo e alguns tentam fazer com que eles voltem ao poder. Agradeço a Deus pelo milagre da eleição. A responsabilidade de todos vocês é enorme. Não dê chance para essa esquerda. Eles não merecem ser tratados como pessoas normais, como se quisessem o bem do Brasil, isso é mentira", disse Bolsonaro. 

O presidente também disse temer a volta da esquerda ao poder nas próximas eleições presidentciais. "Não podemos, em 2022, chegar na situação que chegou a Argentina no corrente ano ou como está caminhando o Chile, que está caminhando para o caos, o socialismo", acrescentou, referindo-se à eleição do peronista Alberto Fernández na Argentina e aos protestos contra o governo que tomaram recentemente as ruas do Chile. Por fim, emendou: "Não queiram que um homem só mude o destino do poder. Preciso de vocês".


Operação acolhida

As declarações foram dadas durante a solenidade de transferência de comando da Operação Acolhida, criada pelas Forças Armadas para receber imigrantes de países vizinhos. A ação agora está a cargo do general de Divisão Antonio Manoel de Barros, que atuará em Roraima.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade