Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro: nenhuma denúncia de corrupção se abateu sobre ministros

O atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, no entanto, foi denunciado por suposto esquema de candidaturas-laranja do PSL em Minas Gerais


postado em 18/01/2020 14:39

(foto: Carl de Souza/AFP)
(foto: Carl de Souza/AFP)
O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou neste sábado (18/7), durante evento da Aliança pelo Brasil, que sua equipe ministerial não enfrentou denúncias de corrupção.

 

"Nosso grande compromisso de campanha foi cumprido: a escolha de um ministério isento", afirmou a uma plateia de simpatizantes e colaboradores do partido em formação. "Graças a Deus, nenhuma denúncia de corrupção se abateu sobre os nossos ministros e os nossos presidentes de estatais. Pode acontecer alguma coisa? Pode. Mas será alheio à nossa vontade e buscaremos solução o mais rápido possível", disse.

 

O atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, no entanto, foi denunciado por suposto esquema de candidaturas-laranja do PSL em Minas Gerais, em 2018. A Polícia Federal imputa ao ministro falsidade ideológica, associação criminosa e apropriação indébita. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, é alvo de investigação do Ministério Púbico sobre repasses de caixa dois. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi condenado em 2018 em primeira instância por improbidade administrativa. 

 

Durante o evento, Bolsonaro também citou o resultado obtido pelas estatais em 2019. "Em 2015, o Brasil teve prejuízo na casa de R$ 50 bilhões com estatais. No ano passado, um lucro de R$ 150 bilhões", afirmou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade