Publicidade

Correio Braziliense

General Walter Souza Braga Netto assume oficialmente Casa Civil

A nomeação do novo ministro foi publicada na edição do Diário Oficial da União da última sexta-feira (14/2)


postado em 18/02/2020 17:01

Aos 62 anos, o general é o atual chefe do Estado Maior do Exército e liderou o Comando Militar do Leste(foto: Alan Santos/PR)
Aos 62 anos, o general é o atual chefe do Estado Maior do Exército e liderou o Comando Militar do Leste (foto: Alan Santos/PR)
O general Walter Souza Braga Netto assumiu oficialmente o comando da Casa Civil da Presidência da República, nesta terça-feira (18/2), em cerimônia no Palácio do Planalto. Ele entra no lugar de Onyx Lorenzoni, que passa a chefiar o ministério da Cidadania, no lugar de Osmar Terra, que retoma o mandato de deputado federal. 

Braga Netto disse que encara o “desafio de coordenar e integrar as ações de governo com dignidade”. E prometeu humildade e abnegação. “De minha parte, existe lealdade, respeito, assertividade e muito trabalho”, afirmou em seu curto discurso.

Antes da assinatura do decreto que transmitiu seu antigo cargo de ministro da Cidadania a Onyx Lorenzoni, o deputado federal Osmar Terra disse que o convite feito pelo presidente Bolsonaro para ser ministro da Cidadania, cargo agora ocupado por Lorenzoni, foi o "mais gentil e significativo” de sua vida". Segundo ele, os ministros de Bolsonaro foram convidados pelos critérios e avaliação do presidente e a equipe é formada por pessoas relacionadas às áreas que comandam. Para ele, "isso nunca tinha acontecido na história da República". Na avaliação de Terra, as nomeações de ministros sempre foram feitas por critérios políticos. 

As nomeações dos novos ministros foram publicadas na edição do Diário Oficial da União da última sexta-feira (14/2). No dia anterior, o presidente elogiou o trabalho de Braga Netto como interventor federal no Rio de Janeiro, função que ocupou entre 2018 e 2019. “Fez um expedicionário trabalho, conseguiu recursos para aparelhar as forças de segurança lá no Rio de Janeiro e, de certa forma, baixou a temperatura da criminalidade”, disse, em live semanal, transmitida no Facebook. 

Aos 62 anos, o general é o atual chefe do Estado Maior do Exército e liderou o Comando Militar do Leste. “Bem-vindo Braga Netto, muito obrigado por você ter aceito esse convite. E, para você também, não deixa de ser mais um desafio, você sai da parte bélica e vai para a burocracia”, completou o presidente nas redes sociais na, semana passada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade