Publicidade

Correio Braziliense

''O Brasil só vai crescer se a gente fizer a reforma tributária'', diz Maia

O Congresso Nacional aguarda a instalação de uma comissão mista, composta por 25 senadores e 25 deputados, para discutir as propostas que já tramitam sobre o assunto


postado em 18/02/2020 19:11

(foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
(foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Ao voltar a cobrar novamente o apoio de empresários na reforma tributária, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, nesta terça-feira (18/2), que o único caminho que ele enxerga para que o Brasil volte a crescer é por meio de uma reforma tributária. 

 

“Não adianta reforma da Previdência, administrativa, o Brasil só vai crescer 3%, 4% ao ano de forma sustentável se a gente fizer a tributária”, disse ao falar com jornalistas nesta terça-feira (18/2). O presidente da Câmara ainda relembrou que o governo e ele mesmo chegaram a dizer que o país cresceria cerca de 5% com a aprovação da reforma da Previdência. 

 

“Eu lembro que o governo dizia que com a aprovação da previdência o Brasil iria crescer 5%. Vai crescer no máximo 2% esse ano. Eu também disse no início, mas depois recuei”, relembrou. Maia explicou que a reforma tributária é o único caminho possível para gerar novos investimentos no estado brasileiro e que será necessário sacrifícios do setor empresarial dessa vez. 

 

“Na hora que a gente caminha para a reforma administrativa, mas não caminha para a tributária significa que a conta está toda concentrada na base da sociedade, no servidor público, os empresários não vão ajudar? Não é justo”, declarou. 

 

O Congresso Nacional aguarda a instalação de uma comissão mista, composta por 25 senadores e 25 deputados, para discutir as propostas que já tramitam sobre a reforma tributária.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade