Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro critica Mangueira por enredo sobre Jesus: 'Desacatando religiões'

A agremiação disse que queria levar à Marquês de Sapucaí um Jesus com ''rosto negro, sangue índio e corpo de mulher''


postado em 26/02/2020 09:22

(foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo)
(foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo)
O presidente Jair Bolsonaro criticou, nessa terça-feira (25/2), em vídeo nas redes sociais, o samba da Mangueira, que trouxe uma releitura da vida de Jesus Cristo no carnaval do Rio. A agremiação disse que queria levar à Marquês de Sapucaí um Jesus com "rosto negro, sangue índio e corpo de mulher". 

 

Para o presidente, a agremiação estava "desacatando religiões" ao propor o tema. Grupos religiosos já haviam criticado e feito abaixo assinado contra a escolha da escola, que tenta o bicampeonato. Procurada, a agremiação não quis se manifestar. A escola chegou a levar 20 líderes religiosos para apoiá-la durante o desfile na passarela.

Ver galeria . 16 Fotos Desfile das escolas de samba; Sambódramo Rio de JaneiroAFP/ MAURO PIMENTEL - CARL DE SOUZA
Desfile das escolas de samba; Sambódramo Rio de Janeiro (foto: AFP/ MAURO PIMENTEL - CARL DE SOUZA )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade