Politica

Secretário de Bolsonaro, Fábio Wajngarten está com coronavírus

Chefe da Secretaria de Comunicação viajou aos Estados Unidos com o presidente Jair Bolsonaro

Renato Souza, Ingrid Soares
postado em 12/03/2020 12:00
 (foto: Carolina Antunes/PR)
(foto: Carolina Antunes/PR)

Secretaria de Governo, Fabio WajngartenO Secretário de comunicação do Planalto, Fabio Wajngarten, está com coronavírus. O integrante do Executivo fez exame para a Covid-19 no Hospital Albert Einstein e o resultado deu positivo. O secretário viajou aos Estados Unidos, nesta semana, junto com o presidente Jair Bolsonaro.

Fabio avisou ao Planalto sobre o resultado do Exame e fontes no governo afirmam que o presidente Jair Bolsonaro também está sendo acompanhado de perto por equipes médicas.

[SAIBAMAIS]A viagem aos Estados Unidos ocorreu entre o último sábado (7/3) e terca-feira (10/3). A comitiva do presidente Bolsonaro se encontrou com empresários e com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O chefe do Executivo brasileiro tinha uma viagem marcada para o Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (12/3), mas o compromisso foi cancelado.

O Planalto não informou o motivo da suspensão deste compromisso na agenda. No entanto, nos bastidores, interlocutores afirmam que se trata de temor pela saúde de Bolsonaro em meio a pandemia que atinge 114 países.

Wajngarten tomou café com Bolsonaro nos EUA

Pessoas que conversaram com Wajngarten, em caráter reservado, afirmam que ele apresenta sintomas de gripe e aguardava os resultados do exame nesta quinta-feira. Durante a viagem, ele tomava café da manhã com o presidente em uma sala reservada. Nos Estados Unidos, o grupo que acompanhou Bolsonaro fazia deslocamentos em vans. Apenas o presidente seguia em carro separado.

Na quarta-feira, após o jornal Folha de S.Paulo revelar que Wanjgarten havia passado por exames no Hospital Israelita Albert Einstein, o secretário de Comunicação foi ao Twitter criticar a imprensa, mas não negou que tenha realizado os testes "Em que pese a banda podre da imprensa já ter falado absurdos sobre minha religião, família e minha imprensa, agora falam da minha saúde. Mas estou bem, não precisarei de abraços de Dráuzio Varella", escreveu, mencionando o médico que passou a ser alvo de ataques após reportagem de "Fantástico", da Rede Globo, em que abraçou uma transexual condenado pela morte e estupro de uma criança.

Bolsonaro adotou ;medidas preventivas;

A assessoria do Palácio do Planalto confirmou em nota nesta quinta-feira (12/3) que o Secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, é portador do novo coronavírus Covid-19, confirmado em contraprova já realizada.


;O Secretário de Comunicação está cumprindo todas as recomendações médicas, em quarentena domiciliar, e só retornará ao seu trabalho quando não houver risco de transmissão da doença;, diz um trecho do documento.

Com isso, afirma, o serviço médico da Presidência da República adotou e está adotando todas as medidas preventivas necessárias para preservar a saúde do presidente Jair Bolsonaro e de de toda a comitiva presidencial que o acompanhou em recente viagem oficial aos Estados Unidos, bem como dos servidores do Palácio do Planalto.

Ainda segundo a assessoria palaciana, o governo brasileiro também já comunicou às autoridades do governo norte-americano a ocorrência do evento para que elas também adotem as medidas cautelares necessárias.

Plano de contingência

Durante coletiva, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que diante da confirmação de Wajngarten, haverá uma reunião ainda nesta tarde para discutir medidas. ;Há um plano de contingência para todas as pessoas. Esse plano não muda se é para o presidente, para um ministro ou qualquer cidadão", apontou.

Ontem (12/3), com a notícia da suspeita da doença, Wajngarten se pronunciou nas redes sociais, disse estar bem e aproveitou para ironizar o médico Drauzio Varella.

;Em que pese a banda podre da imprensa já ter falado absurdos sobre a minha religião, minha família e minha empresa, agora falam da minha saúde. Mas estou bem, não precisarei de abraços do Drauzio Varella.;

Durante uma viagem de quatro dias a Miami, Bolsonaro se reuniu com empresários e jantou com Donald Trump, no sábado (7/3), em Mar-a-Lago, no resort do presidente dos EUA.

Wajngarten, que fazia parte da comitiva, ainda retornou dos EUA no mesmo avião que Bolsonaro.

Veja a lista completa de quem esteve na comitiva:

Primeira-dama, Michelle Bolsonaro

Ministro de Estado das Relações Exteriores, Ernesto Araújo

Ministro de Estado da Defesa, Fernando Azevedo e Silva

Ministro de Estado de Minas e Energia, Bento Costa

Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno

Governador do Paraná, Ratinho Júnior

Chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, Raul Botelho

Senador Jorginho Mello (PL/SC)

Senador Nelsinho Trad (PSD/MS)

Deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/SP)

Deputado Daniel Freitas (PSL/SC)

Embaixador Nestor Forster

Embaixador João Mendes

Assessor internacional, Filipe Martins

Secretário Especial de Comunicação Social, Fábio Wajngarten

Presidente da Embratur, Gilson Machado Guimarães Neto

Presidente da Apex,Ricardo Segovia Barbosa

Chefe de Operações da Apex Brasil para a América do Norte, Juarez Leal

Secretário Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, Marcos Troyjo

Secretária Especial do PPI, Martha Seillier

Secretário de Aquicultura e Pesca do MAPA, Jorge Seif

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação