Politica

Karina Kufa, advogada de Bolsonaro, confirma que está com coronavírus

Kufa é a segunda pessoa do entorno do presidente Jair Bolsonaro com a confirmação de que foi infectada pelo vírus

Ingrid Soares
postado em 13/03/2020 17:00
Kufa é a segunda pessoa do entorno do presidente Jair Bolsonaro com a confirmação de que foi infectada pelo vírusA advogada do presidente Jair Bolsonaro e tesoureira do Aliança pelo Brasil, Karina Kufa, testou positivo para o coronavírus. Ela é a segunda integrante da equipe do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a ser diagnosticada com a doença. Kufa integrou a comitiva do presidente em uma viagem para Miami e teve contato com o secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, portador do novo coronavírus Covid-19.



Kufa cumpre quarentena em um hotel de Brasília para preservar filhos e família. Ao jornal O Estado de S.Paulo, Kufa afirmou ;estar bem; e com ;sintomas leves;. Bolsonaro testou negativo para a doença. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (13) pelo próprio presidente.

Ontem (12), Bolsonaro cancelou a viagem que faria para o Rio Grande do Norte. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que fazia parte da comitiva, afirmou por meio das redes sociais que o motivo foram "razões de emergência sanitária".

O teste positivo do Secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, para o novo coronavírus Covid-19 fez com que o chefe do Executivo se submetesse a exames para saber se tinha a doença. Wajngarten viajou junto com Bolsonaro para os Estado Unidos.

Além de Wajngarten, integraram a comitiva de Bolsonaro à Miami, o filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, o ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, entre outros nomes do alto escalão do Executivo e de parlamentares. Eles também foram submetidos ao exame. Todos testaram negativo para a doença.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação