Politica

Bolsonaro determina fechamento de fronteira com Venezuela

Decisão deve sair no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18/3)

Ingrid Soares
postado em 17/03/2020 18:50
fronteira do brasil e venezuelaO presidente Jair Bolsonaro afirmou na tarde desta terça-feira (17/3), na entrada do Palácio da Alvorada, que será publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (18/3) uma portaria para fechar a fronteira do Brasil com a Venezuela em Roraima. No entanto, não se trata de fechamento total.
Bolsonaro destacou que o fluxo de mercadorias continuará aberto. "Não é um fechamento total. O tráfego de mercadorias vai continuar acontecendo. Porque separa Roraima. Se você fecha o tráfego com a Venezuela, a economia de Roraima desanca. A mesma coisa a Venezuela em parte também tem esse tráfego de mercadorias conosco. Não tem como tomar medidas radicais. Não vai dar certo", concluiu.
"Publica no DOU de amanhã a questão de fechar a fronteira com a Venezuela, que é a mais sensível. Agora, alguns acham que fechar porteira é uma palavra mágica. Se a gente pudesse, tivesse o poder de fechar a fronteira, como muitos pensam, não teriam entrado drogas nem armas no Brasil. Temos 17 mil quilômetros de fronteira. Conversei agora há pouco com o presidente do Paraguai. Ele falou comigo sobre Pontaporã, Pedro Juan Cabalero. Eu conheço bem a região porque servi ali, é uma fronteira seca, se você não prestar atenção, você não sabe quando está no Paraguai, quando está no Brasil e não tem como você evitar o tráfico (sic) de pessoas ali porque é brasileiro casado com paraguaia, paraguaio casado com brasileira. É uma família que vive ali, é uma cidade é quase uma conurbação, são cidades que são gêmeas. Impossível separar, não é fácil isso aí".
Bolsonaro voltou a dizer que ;há uma certa histeria;. "É como se fechar as fronteiras resolvesse, alguns querem que a gente feche aeroportos, bem a gente não sabe as consequências disso tudo", apontou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação