Politica

Bolsonaro compara novo coronavírus a gravidez: ''uma hora nasce a criança''

Nesta manhã, Bolsonaro realizou o segundo exame de testagem para a doença

Ingrid Soares
postado em 17/03/2020 21:40

Nesta manhã, Bolsonaro realizou o segundo exame de testagem para a doençaO presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), comparou, na tarde desta terça-feira (17) a pandemia do novo coronavírus a uma gravidez. A declaração foi dada na entrada do Palácio da Alvorada.

"É como uma gravidez, uma hora vai nascer a criança. O vírus um dia ia chegar ao Brasil e acabou chegando", apontou.

Nesta manhã, Bolsonaro realizou o segundo exame de testagem para a doença.

Uma equipe do Hospital das Forças Armadas (HFA) esteve no Palácio da Alvorada pela manhã para recolher as amostras.

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) Augusto Heleno e o porta-voz da presidência, Otávio Rêgo Barros confirmaram a informação.

O primeiro resultado de Bolsonaro foi divulgado na sexta-feira (13) pelo próprio presidente. No final da tarde, questionado sobre o teste, Bolsonaro disse que ainda não está pronto, mas que divulgará independente do resultado.

"O teste ainda não chegou o resultado, quando chegar eu divulgo, sendo positivo ou negativo, vou divulgar, sem problema nenhum", apontou.

Além de Wajngarten, outros 13 integrantes da comitiva de Bolsonaro à Miami foram infectados.

Os ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Augusto Heleno (Segurança Institucional) e Ernesto Araújo (Relações Institucionais) também refizeram os exames. O chefe do Executivo ainda recebeu na chegada à residência oficial, orações de apoiadores religiosos, mas evitou contato

"Estou evitando chegar muito perto. Vai sair mais um exame meu, vão me chamar de inconsequente", disse.

O presidente ainda comentou os impactos da crise do coronavírus na economia. "Se o Brasil parar, vai ser um caos. Vai morrer muito mais gente fruto de uma economia que não anda do que do próprio coronavírus", concluiu.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação