Politica

Bolsonaro diz que pode fazer novo teste de coronavírus e confirma festa

Perguntado se fará algum tipo de comemoração, presidente respondeu que a festa não terá mais de oito convidados

Ingrid Soares
postado em 20/03/2020 11:21

Bolsonaro de máscaraO presidente Jair Bolsonaro afirmou, na manhã desta sexta-feira (20/3), que poderá passar por um terceiro teste de coronavírus. Ele ainda confirmou outros quatro casos positivos para o vírus em sua comitiva. ;Sim. Está confirmado. Nós não sonegamos informações;, declarou.

Questionado se manteria a rotina no Palácio do Planalto, Bolsonaro respondeu: ;Eu estou bem. Eu estou bem. Fiz dois testes, talvez faça mais um até, talvez. Porque eu sou uma pessoa que tenho contato com muita gente. Recebo orientação médica;, indicou.

Bolsonaro disse ainda que pode ter sido infectado e nem ficou sabendo:"Toda família testou negativo. Talvez eu tenha sido infectado lá atras e nem tenha sabido. Talvez muitos de vocês também", apontou.

Com os quatro casos confirmados da Covid-19, chega a 22 o número de pessoas que estiveram com o presidente Bolsonaro na comitiva em uma viagem a Miami ou tiveram contato com os infectados: o assessor internacional da Presidência, Filipe Martins; o chefe da ajudância de ordens, Major Cid; o diretor do Departamento de Segurança Presidencial, Coronel Suarez; e o chefe do Cerimonial, Carlos França.

O chefe do Executivo completará 65 anos neste sábado (21/3). A primeira-dama aniversaria um dia depois, no dia 22 e completará 38 anos. Perguntado se fará algum tipo de comemoração, ele respondeu que a festa e que não haverá mais de oito convidados. "A festa é amanhã. Eu, minha esposa e filhos. Talvez venha família dela, que mora na Ceilândia. Não vai ter mais de oito pessoas na festa", completou.

Outros caos

Nessa quinta-feira (19/3), o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Sérgio Segovia, foi testado positivo para o novo coronavírus.

Um dia antes, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) general Augusto Heleno também foi confirmado com o novo coronavírus. Ainda hoje, Bolsonaro lamentou que o diagnóstico do general. ;Estou chateado, é o meu maior conselheiro;, concluiu.

Na noite desta quinta-feira (20/3) em live, Bolsonaro também falou sobre os casos positivos em sua equipe.

;O almirante Segovia, presidente da Apex deu positivo para o coronavírus. Perguntei para ele se estava sentindo alguma coisa. Ele falou: ;nada;. Tudo normal a vida dele. Ele deve ter os seus 55 anos de idade, um pouquinho menos. Conversei agora com general Heleno, que tem 74 anos [72] e está no quarto dia que deu positivo o coronavírus nele. ;Como está se sentindo, general?;. ;Nada, inclusive, acabei de fazer 50 minutos de bicicleta;. O almirante Bento, ministro das Minas e Energia, também está no segundo, terceiro dia. Conversei com ele hoje. ;Sentindo alguma coisa?;. ;Não. Vontade de trabalhar, apenas. Estou em casa aqui;. Logicamente, para essas pessoas, se não tivessem feito o teste, estariam trabalhando, transmitindo o vírus para alguém, obviamente, mas não estariam sabendo que estavam fazendo essa transmissão do vírus. Para algumas pessoas mais idosas, que têm outros problemas, a infecção torna-se grave e realmente, em alguns poucos casos pode levar à ;bito. A preocupação do governo existe;, apontou o chefe do Executivo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação