Politica

Carlos Bolsonaro ataca Mourão por reunião com Flávio Dino

Mourão, no entanto, se reuniu por teleconferência com o governador do Maranhão e outros governadores para debater sobre o Conselho da Amazônia, pasta subordinada a ele por ordem do próprio presidente Bolsonaro

Ingrid Soares
postado em 04/04/2020 13:17
 (foto: AFP / Sergio LIMA)
(foto: AFP / Sergio LIMA)

O vereador Carlos Bolsonaro, filho número ;02; do presidente Jair Bolsonaro atacou ontem (03) o vice-presidente Hamilton Mourão por meio das redes sociais. Isso porque o general participou de uma reunião com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B) um dia antes. Na postagem, Carlos colocou uma frase de uma entrevista dada pelo governador maranhense, que após a conversa com Mourão na última quinta (2) afirmou: "Tivemos uma reunião com diálogo técnico, respeitoso, sensato. Mas, se Bolsonaro entregar o governo para ele [Mourão], o Brasil chegará em 2022 em melhores condições".
Na legenda, o filho ;02; do presidente disparou: ;Com base na declaração de Dino, "o que leva o vice-presidente da República se reunir com o maior opositor SOCIALISTA do governo, que se mostra diariamente com atitudes totalmente na contramão de seu Presidente?;.
No entanto, a reunião em questão da qual Mourão participou não foi feita por ;debaixo dos panos;. Ao contrário, foi realizada por meio de uma videoconferência, com a participação de outros governadores. O tema tratado foi o Conselho da Amazônia, pasta subordinada a Mourão por ordem do próprio Bolsonaro.
No mesmo dia, Dino respondeu ao comentário de Carlos: ;"Dois títulos que carregarei honrosamente por toda a minha vida: o ;pior; governador de ;paraíba;, segundo Bolsonaro; o maior opositor SOCIALISTA do governo Bolsonaro, segundo um dos filhos que chefiam o governo dele;, ironizou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação