Politica

Bolsonaro convoca reunião com ministros na tarde desta segunda-feira

O encontro ocorre em meio à tensão interna provocada pela pandemia de coronavírus e discordâncias constantes entre o presidente e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Renato Souza
postado em 06/04/2020 14:40
 (foto:  Isac Nóbrega/PR)
(foto: Isac Nóbrega/PR)
Bolsonaro e MandettaO presidente da República, Jair Bolsonaro, convocou uma reunião com todos os ministros para as 17h desta segunda-feira (6/4), no Palácio do Planalto. O encontro ocorre em meio à tensão interna provocada pela pandemia de coronavírus e discordâncias constantes entre o presidente e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Nas últimas semanas, Mandetta tem atraído elogios de parlamentares, integrantes do Judiciário e de entidades da sociedade civil por conta de sua atuação técnica para conter a disseminação da Covid-19 no país. A popularidade do ministro tem aumentado, o que incomoda o presidente.

A reunião ocorre no mesmo horário em que coletivas de imprensa estão sendo realizadas para informar a sociedade sobre os números da epidemia e a situação da infecção por coronavírus em todos os estados. Na semana passada, Bolsonaro chegou a dizer que ele e o ministro da Saúde estavam "se bicando", e disse que ele "ultrapassou limites".

Durante o fim de semana, Bolsonaro afirmou que "algumas pessoas" do seu governo "de repente viraram estrelas e falam pelos cotovelos", e disse ainda que "não tem medo de usar a caneta", em uma referência a eventual demissão de ministros.


Apoio militar

[SAIBAMAIS]Mandetta tem atraído apoio do núcleo militar do Executivo, que veem a saída dele neste momento como uma baixa no combate a epidemia, que pode causar centenas de milhares de mortes.

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, o mais popular do governo, alcançando índices de aceitação maior que de Bolsonaro, tem apoiado o colega da saúde.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação