Politica

Witzel diz no Twitter que Bolsonaro tenta 'calar a boca da democracia'

Agência Estado
postado em 05/05/2020 16:54
Ferrenho adversário político do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), criticou o presidente pela conduta exibida em Brasília na manhã desta terça-feira (5). Por três vezes Bolsonaro interrompeu perguntas mandando os jornalistas calarem a boca. Ele também criticou a imprensa em geral e o jornal Folha de S. Paulo em particular. "Mandar um jornalista calar a boca é tentar calar a boca da democracia", escreveu Witzel no Twitter. "Quando você tem um cargo público relevante na sociedade você precisa responder à imprensa e não agredi-la, ofendê-la, espezinhá-la, humilhá-la", completou o governador. A reação à mensagem de Witzel foi bem variada. Enquanto alguns seguidores do governador criticaram Bolsonaro e aplaudiram o governador, outros reclamaram que Witzel deveria estar trabalhando em vez de gastar tempo publicando mensagens nas redes sociais.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação