Politica

Regina Duarte publica áudio sobre "homem traído" e "falar ao coração"

Ato foi antes de se encontrar com Bolsonaro. Gravação começa com uma pessoa dizendo o nome da secretária e, sem citar outros nomes, fala de um homem que já foi traído inúmeras vezes e que é preciso "falar sem gerar resistência"

Sarah Teófilo
postado em 06/05/2020 17:25
Ato foi antes de se encontrar com Bolsonaro. Gravação começa com uma pessoa dizendo o nome da secretária e, sem citar outros nomes, fala de um homem que já foi traído inúmeras vezes e que é preciso A secretária Especial da Cultura, Regina Duarte, publicou um áudio no início da manhã desta quarta-feira (6/5) no qual um homem diz o nome da atriz ;e equipe;, e diz que ;agora que ele vai nos conhecer;, sem citar outros nomes. Junto com o áudio, a imagem de uma flor branca balançando. A publicação foi feita antes de almoço com o presidente Jair Bolsonaro.

;Até agora ele não nos conhece. Ele não sabe como pensamos, onde a gente quer chegar, que tipo de visão a gente tem. Ele foi traído inúmeras vezes. Inúmeras, inúmeras. Então, a gente tem que falar pro coração dele; que a gente não tem nada a temer. Tem que falar a verdade, sem medo, sem gerar resistência dele, porque ele é muito; Né, ele tá muito;;, diz o homem no áudio.

A atriz almoçou nesta quarta-feira com o presidente no Palácio do Planalto. De última hora, Bolsonaro convidou o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, que faz reiteradas críticas à atriz em seu perfil no Twitter. Segundo Camargo, durante o encontro a atriz apresentou seus planos e projetos, fez um discurso e em seguida eles almoçaram. Apesar das críticas, ele classificou o almoço como "agradável".

[SAIBAMAIS]Na semana passada, Bolsonaro disse que Regina tinha "dificuldades". Na ocasião, mostrou insatisfação com o fato de a secretária estar trabalhando de São Paulo. Quatro dias depois, no domingo (2), ela voltou a Brasília. A crise entre ele e Regina ficou ainda mais evidente na última terça-feira (5), quando o governoenomeou à presidência da Fundação Nacional das Artes (Funarte) o maestro Dante Mantovani, tirado do cargo no dia que a atriz tomou posse, em março.

Já à noite, no entanto, o governo voltou atrás e tornou sem efeito a nomeação. Mantovani causou polêmica após associar rock com sexo, drogas, aborto e satanismo. Durante a tarde, áudio obtido pela revista Crusoé apresentou uma conversa entre Regina e uma assessora. Segundo a revista, o contexto do diálogo é justamente a nomeação de Mantovani. "Que loucura isso, que loucura. Eu acho que ele está me dispensando", disse a secretária.

[VIDEO1]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação