Politica

Bolsonaro fala que Enem pode atrasar, mas precisa ser feito neste ano

O presidente afirmou que a realização do exame pode atrasar, mas precisa acontecer em 2020

Sarah Teófilo
postado em 13/05/2020 12:40
O presidente afirmou que a realização do exame pode atrasar, mas precisa acontecer em 2020O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (13/5) que a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderia ser atrasada neste ano, em função da pandemia do novo coronavírus, mas que a prova precisa ser aplicada em 2020. O chefe do Executivo disse que está conversando com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre o assunto. "Se for o caso, atrasa um pouco, mas tem que ser aplicado esse ano", afirmou.

Em reunião com senadores, na semana passado, o ministro disse que o Enem, com previsão para novembro, não seria adiado. Na ocasião, ele afirmou que o exame "não foi feito para corrigir injustiças" e disse não enxergar que os alunos da rede pública ou que não tem acesso a internet estaria em desvantagem.

Na última segunda-feira (11), o Tribunal de Contas da União (TCU) deu um parecer técnico favorável ao adiamento do exame em função da pandemia. Existem diversos pedidos no Congresso Nacional para a suspensão da prova, e mobilização nas redes sociais. A justificativa é que, sem aulas, alunos da rede pública ficarão ainda mais em desvantagem.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação