Politica

Brasil ajuda no combate a queimadas na Guatemala, diz Bolsonaro

Segundo a Agência Guatemalteca de Notícias, os incêndios já atingiram 261 áreas protegidas provocando danos a 3.400 hectares de floresta

Agência Brasil
postado em 17/05/2020 12:50
 (foto: Marcello Cascal Jr/Agência Brasil)
(foto: Marcello Cascal Jr/Agência Brasil)

Presidente combinou para breve troca de visitas com líder guatemaltecoO presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (17), em sua conta no Twitter, que o governo brasileiro está auxiliando a Guatemala no combate aos incêndios florestais naquele país.

;Satisfação em poder cooperar com a Guatemala no combate aos seus incêndios florestais. Falei por telefone com o presidente Alejandro Giammattei e combinamos de trocar visitas em breve. Combate ao crime e defesa da liberdade em toda a América Latina são prioridades que nos unem."

Uma parceria entre o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e o Ministério do Desenvolvimento Regional viabilizou o processamento e geração de imagens de satélite e as repassou às autoridades da Guatemala para atender a acionamento do International Disasters Charter feito pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC).

O método de parceria para obter e disponibilizar imagens de satélites a outros países já vem sendo adotado pelo Brasil. Em 2019, o auxílio foi destinado ao planejamento de ações em decorrência do ciclone Idai, que atingiu Moçambique.

Queimadas

Segundo a Agência Guatemalteca de Notícias, os incêndios florestais já atingiram 261 áreas protegidas provocando danos a 3.400 hectares de floresta. As áreas mais afetadas são a Reserva da Biosfera Serra das Minas, a Reserva da Biosfera Maya e a Reserva de Uso Múltiplo da Bacia do Lago Atitlán.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação