Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro e governadores discutem programa de ajuda a estados

Presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre também participaram da reunião


postado em 21/05/2020 11:08 / atualizado em 21/05/2020 11:28

(foto: Divulgação/Governo Federal )
(foto: Divulgação/Governo Federal )
O presidente Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, se reuniram com governadores de todo o país por meio de videoconferência para tratar sobre a sanção do projeto de lei que cria o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, que auxiliará os estados no enfrentamento ao coronavírus. O encontro começou às 10h. Os governadores e os chefes dos poderes também decidirão sobre o veto ou não do congelamento de salários de servidores públicos até o dia 31 de dezembro de 2021. 

A ajuda prevista de R$ 60 bilhões em transferências diretas deve ser usada como moeda de troca pelo governo para a abertura gradual das atividades econômicas. Além da liberação da verba, o projeto suspende dívida e não execução por parte da União das garantias firmadas nos contratos de operação de crédito junto às instituições nacionais e organismos internacionais.

Bolsonaro começou o encontro falando sobre o motivo da reunião. “O motivo é falar para os senhores porque temos que trabalhar em conjunto sanção de um projeto que é uma continuidade de outras leis aprovadas, de auxílio aos senhores governadores, bem como os informais que foram duramente atingidos nesse momento, buscar maneiras de, ao restringirmos alguma coisa, até 31 de dezembro do ano que vem nós possamos vencer essa crise. Nesse projeto, peço apoio aos senhores à questão da manutenção do veto que atinge parte dos servidores públicos”.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade