Politica

Caixa paga auxílio a 7,3 milhões

Em todo o Brasil, 901 agências funcionaram neste sábado para o saque dos R$ 600 do benefício emergencial

postado em 24/05/2020 04:11
O pagamento da segunda parcela será feito a todos até 13 de junho


A Caixa Econômica Federal abriu, ontem, 901 agências para fazer o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), concedido pelo governo para mitigar os impactos econômicos da crise do novo coronavírus. Segundo o banco, 2,1 milhões de trabalhadores foram às agências para sacar a primeira parcela do auxílio. São pessoas que aniversariam em maio, junho e julho. Outras 5,2 milhões receberam a segunda parcela, por meio de depósito virtual em conta. Com isso, o benefício chegou a 7,3 milhões de pessoas.

As agências ficaram abertas entre 8h e 12h para fazer os pagamentos. O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse, durante coletiva de imprensa, que não houve filas, da mesma forma que nas últimas três semanas. ;Tivemos pouca fila, ou quase nenhuma, ao contrário de semanas atrás. Portanto, não há necessidade de a pessoa chegar de madrugada. Sempre tentem evitar chegar muito cedo, pois todos serão atendidos;, disse.

Guimarães destacou que, ;nesta semana, batemos o recorde ao pagarmos 35 milhões de brasileiros, sendo pagos R$ 1,3 bilhão; em dinheiro e R$ 20,8 milhões em depósitos em conta. No caso dos depósitos, segundo o banco, os beneficiários podem pagar boletos, contas e realizar compras em mais de mil sites. Conforme a instituição, a partir do próximo sábado, os nascidos em janeiro poderão sacar o dinheiro.

O presidente da Caixa antecipou que o banco anunciará nas próximas semanas um novo aplicativo que ajudará a melhorar as funcionalidades tecnológicas para os clientes. ;Teremos um anúncio excelente e transformacional que vai melhorar ainda mais a confiança e a segurança do cliente;, afirmou, acrescentando que a medida atenderá a todas as 27 unidades da federação.

O governo continua liberando, aos poucos, o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial, considerando o mês de nascimento do beneficiário, e a previsão é de que essa fase termine em 13 de junho. Quem não conseguir ir ao banco no dia correspondente ao mês de aniversário, poderá fazê-lo em alguma data posterior. No caso do pagamento do Bolsa Família, no entanto, o calendário está dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o programa.

Cerca de 60 milhões de pessoas estão inscritas no programa do governo federal para receber o auxílio emergencial. O benefício é pago a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos no cadastro social do governo e no Bolsa Família. O programa foi criado pelo governo federal para garantir uma renda básica emergencial durante três meses, para o enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site www.auxilio.caixa.gov.br.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação