Publicidade

Correio Braziliense

Alvo de operação da PF, Luciano Hang pede: "não veja notícias ruins"

Ação da Polícia Federal, que cumpre 29 mandados de busca e apreensão, é no âmbito do inquérito das fake news, do STF


postado em 27/05/2020 10:02

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Um dos alvos da operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (27/5) no âmbito do inquérito das fakes news, do Supremo Tribunal Federal (STF), o empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, publicou em sua rede social um pedido: "Viva feliz e não veja notícias ruins". 

"As notícias podem mexer com o nosso humor. As ruins nos deixam tristes. As boas, nos mostram o lado bom das coisas. O brasileiro é um povo animado, alegre e contagiante. Não se deixe levar pelo desânimo. Seja confiante e aproveite a vida. Vamos juntos deixar nossos dias felizes?", escreveu.

A operação está cumprindo 29 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina. O inquérito do STF é conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes, e apura ameaças, informações falsas, denunciações caluniosas e demais infrações que têm os ministros como alvo.

Dentre os alvos estão também o blogueiro Allan dos Santos, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson e o deputado estadual Douglas Garcia (PSL/SP). Todos são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade