Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro promete reunião com mulher que aponta enxofre como cura da covid

Mulher foi do Paraná a Brasília e diz ter recebido de Deus a cura do novo coronavírus


postado em 08/06/2020 22:23 / atualizado em 08/06/2020 22:51

Bolsonaro ouviu a apoiadora com bastante atenção e prometeu colocá-la em contato com representantes do Ministério da Saúde (foto: Reprodução/Twitter)
Bolsonaro ouviu a apoiadora com bastante atenção e prometeu colocá-la em contato com representantes do Ministério da Saúde (foto: Reprodução/Twitter)
O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), prometeu agendar uma reunião de integrantes do Ministério da Saúde com uma apoiadora de 38 anos que diz ter a cura para o novo coronavírus. Segundo a mulher, que diz conversar com Deus desde os seis anos, o enxofre é a solução para a doença que já matou mais de 37 mil pessoas e infectou 700 mil no Brasil.

“Eu trouxe a cura do coronavírus e eu coloco a minha vida à disposição. Eu tenho 38 anos, sou mãe de três filhos e não estou aqui para brincar. Deus fala comigo desde os seis anos. Deus quer honrar esse país, Deus quer te exaltar na presença de todos os povos e nações. Não preciso que acreditem em mim, só preciso que ponham à prova. Podem injetar o vírus em mim, eu assumo todas as responsabilidades”, disse a mulher ao presidente.

No vídeo que circula no Twitter, a mulher diz a Bolsonaro ser de Santa Helena, no Paraná, e parecia estar certa de sua solução. “Eu liguei para a sua secretária, em 20 de abril,  enviei 27 e-mails, liguei para o Ministério da Saúde cinco vezes”, diz.

Durante o vídeo, Bolsonaro ouve a apoiadora com bastante atenção e promete colocá-la em contato com representantes do Ministério da Saúde nesta terça-feira. "Eu te arranjo amanhã para você, para alguém conversar com a senhora lá no Ministério da Saúde, tá ok? Tá ok? Pode ser?". 

Mais à frente, a mulher detalha sua tese e questiona os métodos dos médicos e especialistas: “Por que os médicos não falam da decomposição do enxofre, o senhor sabe?”, questionou. 

Constrangido diante da mulher, o presidente titubeia na resposta: “Eu não sou. eu não sou…”.

A apoiadora do presidente ainda defende o alho cru como aliado no combate ao coronavírus. O presidente pede, então, que um dos seus assessores pegue o número da mulher. "Deixa o telefone com alguém aqui, liga para essa senhora por favor...".



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade