Politica

Regina Duarte é exonerada da Cultura 20 dias após anunciar saída

A saída dela do comando da pasta havia sido anunciada em 20 de maio. Na ocasião, Bolsonaro disse que Regina seria alocada no comando da Cinemateca de São Paulo, o que ainda não aconteceu

Renato Souza
postado em 10/06/2020 07:43

Regina DuarteA atriz Regina Duarte foi exonerada, nesta quarta-feira (10/6), da Secretaria Especial de Cultura. O ato que oficializa o afastamento dela do cargo foi publicado no Diário Oficial da União.

A saída dela do comando da secretaria havia sido anunciada em 20 de maio. A publicação no Diário Oficial é assinada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e pelo persistente Jair Bolsonaro. Ao deixar o cargo, ela e o presidente gravaram um vídeo em frente o Palácio da Alvorada.

[SAIBAMAIS]Na ocasião, Bolsonaro disse que Regina seria alocada no comando da Cinemateca de São Paulo, a pedido. "Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", afirmou Bolsonaro à época.

Ele negou, na frente da atriz, que ela estaria sendo "fritada". Na ocasião, Regina disse estar ganhando "um presente" ao ser nomeada na Cinemateca. O Diário Oficial desta quarta-feira, no entanto, ainda não traz a nomeação da atriz no órgão.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação