Politica

Itamaraty vota contra renovar relatoria na ONU que criticou Bolsonaro

O Brasil também votou contra condenar Israel pelas políticas em relação aos palestinos

Ingrid Soares
postado em 19/06/2020 14:41
O Brasil também votou contra condenar Israel pelas políticas em relação aos palestinosApós uma relatoria da ONU ter criticado em abril o governo de Jair Bolsonaro pelo trato com a pandemia de coronavírus no Brasil, o Itamaraty votou contra a renovação do mandato do grupo nesta sexta-feira (19/06) no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), em Genebra.

Segundo a coluna do jornalista Jamil Chade, foram 26 votos pela manutenção da relatoria. Logo, a resolução foi aprovada, ampliando por três anos o mandato que avalia o impacto da dívida externa nos direitos humanos. Outros 15 países votaram contra e ocorreram seis abstenções. O Japão e a União Européia defenderam que o Conselho de Direitos Humanos não seria o local adequado para debater a sobre a dívida externa.

O Brasil também votou contra condenar Israel pelas políticas em relação aos palestinos.

Também foi aprovado no Conselho uma resolução que condena o racismo no mundo e abre um inquérito internacional sobre o uso excessivo da força por agentes de segurança contra negros.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação