Politica

Alcolumbre confirma votação do adiamento das eleições municipais

Entre os projetos que devem ser votados estão a proposta de emenda à Constituição (PEC) de adiamento das eleições municipais de 2020 e o projeto contra fake news.

Fernanda Strickland*
postado em 19/06/2020 16:54
Entre os projetos que devem ser votados estão a proposta de emenda à Constituição (PEC) de adiamento das eleições municipais de 2020 e o projeto contra fake news.O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, confirmou nesta sexta-feira (19/6), em uma rede social, a pauta de votações do Plenário para a próxima semana. Entre os projetos que devem ser votados estão a proposta de emenda à Constituição (PEC) de adiamento das eleições municipais de 2020 e o projeto contra fake news.

De acordo com a Agência Senado, os senadores estudam adiar as eleições municipais de outubro para novembro e vão ouvir os representantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e outras instituições para discutir a PEC n; 18/2020, que adia o calendário eleitoral, na segunda-feira (22/6), às 14h. Já na terça-feira (23/6), segundo Alcolumbre, o texto será submetido à votação. "Pautaremos o substitutivo do senador Weverton Rocha (PDT-MA) para votação em primeiro e segundo turnos, para garantir, principalmente, os prazos já estabelecidos, segurança jurídica e o fortalecimento da democracia com as eleições ainda neste ano", explica.

Ainda conforme nota da Agência Senado, na quarta-feira (25/6), será a vez de os senadores concluírem a análise do novo marco legal do saneamento. Apresentado pelo governo, o PL n; 4.162/2019, que estabelece mecanismos para atrair investimentos privados básicos para o setor, já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e depende agora do Senado.

Alcolumbre disse que acredita na aprovação da matéria. "Não tenho dúvida que o plenário vai analisar um dos projetos mais importantes do ponto de vista da saúde pública dos brasileiros. Estamos há pelo menos dois meses discutindo a matéria no colégio de Líderes, e temos a perspectiva de votarmos na quarta-feira da próxima semana;, afirmou o presidente do Senado.

*Estagiária sob supervisão de Vicente Nunes

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação