Politica

Renato Feder deve ser confirmado como novo ministro da Educação

O atual secretário de Educação do Paraná

Hellen Leite
postado em 03/07/2020 09:58
O atual secretário de Educação do ParanáO atual secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, deve ser confirmado como novo ministro da Educação pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ainda nesta sexta-feira (3/7). Ele será o quarto nome a ocupar o cargo no governo Jair Bolsonaro.

Feder estava na lista de cotados para assumir o ministério desde a saída de Abraham Weintraub, em 18 de junho. Ele chegou a se reunir com o presidente Bolsonaro no dia 23, antes da escolha de Carlos Decotelli. Bolsonaro também chegou a telefonar para o governador Ratinho Júnior (PSD), para falar sobre o interesse no integrante do time paranaense e recebeu o aval do líder estadual.

Feder é mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP) e graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Como secretário de Educação do Paraná, aliou educação e tecnologia e modernizou o ensino do estado.

No enfrentamento à pandemia, criou o Aula Paraná, um sistema de ensino à distância, que foi implementado em apenas 15 dias e contempla aulas virtuais pelo Google Classroom, mais de 930 mil downloads do aplicativo e três canais de televisão aberta. O estado conta também com internet gratuita para 1,07 milhão de estudantes e 100 mil profissionais da área da educação.

Na função, Feder também implementou o sistema de Chamados Online, com a finalidade de reduzir a evasão escolar e envolver a família com a educação dos jovens. A Prova Paraná, que afere a evolução da aprendizagem de jovens de todo o estado ; cerca de 1 milhão a cada dois meses ;, foi destaque nacional. Outro projeto implementado em sua gestão é o currículo Paraná, que conta com aulas de programação de computadores, empreendedorismo e matemática financeira.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação