Politica

Contato com dezenas de pessoas

postado em 08/07/2020 04:12
Na sexta-feira, o presidente teve reunião com um grupo de empresários no Palácio da Alvorada. Nenhum deles aparecia de máscara

A confirmação de que o presidente Jair Bolsonaro foi infectado pela covid-19 gerou alerta no Executivo e no Legislativo. Autoridades que se encontraram com o mandatário durante a última semana podem ter sido expostas ao novo coronavírus. De acordo com a agenda presidencial disponibilizada pelo Palácio do Planalto e pelas apurações do Correio, ao menos 72 pessoas tiveram contato com o mandatário desde 27 de junho.

Bolsonaro disse que começou a ter sintomas no último domingo. Infectologista do hospital Emílio Ribas, Jamal Suleiman explicou que antes de manifestar sintomas, um infectado tem potencial de disseminar o vírus a outras pessoas em um prazo de três a oito dias. O que significaria que o presidente poderia estar transmitindo a doença desde o dia 27. Já a infectologista Eliana Bicudo, da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), afirmou que o prazo é de três a cinco dias. Assim, a contaminação poderia estar ocorrendo desde 30 de junho.

O chefe do Executivo se encontrou, desde o dia 27, com ministros, empresários, parlamentares, entre outras autoridades. Algumas pessoas já fizeram o exame, como os ministros da Casa Civil, Walter Braga Netto; do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Os três testaram negativo.

Além dos nomes que aparecem na agenda oficial, o presidente teve contato com o corpo de funcionários da Presidência da República. O ministro da Economia, Paulo Guedes, havia feito o exame na semana passada e deve repetir o teste dentro de três dias, em razão da janela imunológica, quando o resultado pode dar negativo mesmo em quem foi infectado. O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que participou de lives com Bolsonaro, também vai realizar exames.

O deputado federal coronel Armando (PSL-SC) viajou com Bolsonaro a Santa Catarina no último sábado. Assim que o resultado do exame do presidente deu positivo para coronavírus, ele foi se consultar com um médico da Câmara e já realizou o exame, que deu negativo. Em uma foto da viagem, é possível ver o presidente e o deputado sem máscara, em frente ao avião.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação