Politica

Problema do Educação é mais de currículo do que financeiro, diz Bolsonaro

Presidente disse que não há recursos para poder investir mais em educação

Thays Martins
postado em 23/07/2020 20:57

Presidente disse que não há recursos para poder investir mais em educaçãoO presidente Jair Bolsonaro voltou a comentar a aprovação da PEC do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Brasiliero), na noite desta quarta-feira (22/7). De acordo com ele, a grande questão do projeto é que não há de onde tirar dinheiro para investir mais em educação.

"Queriam passar para 40%, foi um embate muito grande. Se passa a 40 teria que criar duas CPMFs. Teria que aumentar alguns impostos. A gente aguenta aumentar impostos? Não", disse. O projeto aprovado aumenta gradativamente a contribuição do governo federal para 23% até 2026. "É mais uma despesa obrigatória", lamentou.

[SAIBAMAIS]O presidente, no entanto, defendeu que o problema da educação brasileira não é falta de investimento. "Educação do Brasil não vai bem há muito tempo. Mas do que um problema financeiro é um problema de currículo. Sem autoridade você não consegue ministrar nada. Dos 23 ministros 9 fizeram colégio militar.Tem colégio com 100% de aprovação no Enem. Porquê tem disciplina,tem hierárquia, tem castigo, o moleque fica até mais tarde, esse é o castigo - vão falar que eu to querendo surrar o moleque - funciona", afirmou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação