Politica

No Piauí, Bolsonaro monta cavalo, fica sem máscara e causa aglomeração

Depois, o presidente desceu do animal e continuou cumprimentando a claque que o recebia ao som de ''mito''

Ingrid Soares
postado em 30/07/2020 12:23

Bolsonaro montado em cavalo e chapéu nordestino aperta mãos de apoiadoresApós ter se recuperado do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro retomou a agenda de viagens pelo país e participou, nesta quinta-feira (30/7) da cerimônia de acionamento do Sistema Integrado de Abastecimento de Água na cidade de Campo Alegre de Lourdes, na Bahia.

Horas antes, ainda na chegada ao aeroporto de São Raimundo Nonato, no Piauí, o chefe do Executivo colocou um chapéu nordestino, montou em um cavalo em meio a uma aglomeração de apoiadores e retirou a máscara higiênica que utilizava. Bolsonaro também cumprimentou os bolsonaristas com apertos de mãos. Em seguida, ele retirou o chapéu e o rodopiou.

Depois, Bolsonaro desceu do cavalo e continuou cumprimentando os apoiadores que o recebia ao som de ;mito;. Porém, assim como em outros estados, o Piauí possui um decreto que determina o uso de máscaras no território. A multa para o descumprimento vai de R$ 500 a R$ 1 mil.

Agenda

Após a inauguração na Bahia, Bolsonaro retornou para o Piauí, com destino a Coronel José Dias. A previsão é de que, à tarde, ele visite o Parque Nacional da Serra da Capivara e o Museu da Natureza no local. O retorno de Bolsonaro para Brasília está marcado para às 15h20 no horário da capital federal.

Já na sexta-feira (31/7), o chefe do Executivo tem compromissos em Bagé, no Rio Grande do Sul, onde participará da entrega do Condomínio Residencial, no bairro de Tarumã.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação