Politica

Câmara soma 86 casos de covid-19

postado em 06/08/2020 04:03
Maia usa álcool em gel: por causa da pandemia, presidente da Câmara suspendeu todas as comissões

A Câmara registrou, desde o início da pandemia do novo coronavírus, 86 casos de infecção por covid-19 entre servidores efetivos, ocupantes de cargos de natureza especial (CNEs) e secretários parlamentares. A informação foi prestada ao Correio pela assessoria de imprensa da Casa.

Por meio de nota, o órgão informou que vem adotando, desde o começo da crise sanitária, um Protocolo de Conduta, estabelecendo uma série de medidas preventivas com o objetivo de dar segurança aos que necessitem ir às dependências da Casa para a execução de atividades parlamentares e administrativas. Entre as quais está o Sistema de Deliberação Remota, voltado aos deputados.

Em razão da pandemia, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), determinou a suspensão do funcionamento de todas as comissões. Nessa situação, a discussão e a votação de pautas importantes devem demorar a ser retomadas, como as investigações da CPMI das Fake News e a proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê a prisão após condenação em segunda instância.

O relator da PEC, deputado Fábio Trad (PSD-MS), disse ao Correio que seu parecer está pronto para votação. ;Eu aguardo a reinstalação da comissão especial, porque, com a pandemia, houve a suspensão das atividades de todas as comissões;, frisou.

Ele relatou que o presidente da comissão, Marcelo Ramos (PL-AM), está tentando com Maia uma exceção para que só esse colegiado seja reinstalado durante a pandemia. ;Então, vou aguardar o resultado dessa conversa para definir o dia da discussão e da votação do meu relatório;, afirmou.

A assessoria da Câmara informou que as medidas adotadas têm conseguido manter baixo o risco de infecção por covid-19 na Casa. ;A adoção do teletrabalho, para a maior parte dos servidores, e do Sistema de Deliberação Remota, para os parlamentares, têm permitido manter o risco de contágio sob controle, com números baixos em comparação ao total de pessoas que circulariam na Casa se estivesse aberta em condições normais ; mais de 20 mil por dia, entre parlamentares, servidores, terceirizados, visitantes e população flutuante em geral;, disse o comunicado da assessoria.

No Palácio do Planalto, houve um aumento de quase 65% de casos de covid-19 em julho, segundo a Secretaria-Geral da Presidência. No dia 3 do mês passado, a pasta havia contabilizado 108 servidores infectados. Já no dia 31, a quantidade saltou para 178.

De acordo com a Secretaria-Geral, 147 servidores da Presidência da República recuperaram-se da doença até o fim do mês passado, e 31 servidores seguem em tratamento. (JV)


"A adoção do teletrabalho, para a maior parte dos servidores, e do Sistema de Deliberação Remota, para os parlamentares, têm permitido manter o risco de contágio sob controle;
Trecho de comunicado da Câmara


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação