Publicidade

Correio Braziliense CAPA

Sexo para ver e ler

A Revista selecionou a dedo alguns títulos com alta voltagem erótica (e algum humor). Aproveitem


postado em 09/07/2010 17:50 / atualizado em 09/07/2010 21:40

Filmes:

Catherine Deneuve, como a Dama da tarde, clássico de Luis Buñuel
Catherine Deneuve, como a Dama da tarde, clássico de Luis Buñuel


1. 9 semanas ½ de amor: Jogos de amor que apimentam a relação são sempre bem-vindos, mas no caso de Elizabeth (Kim Basinger) as coisas foram longe demais. Trabalhando em uma galeria de arte, ela conhece o rico John (Mickey Rourke) e, por meio dessas experiências, torna o relacionamento cada vez mais complicado e incontrolável.

2. Último tango em Paris: um desejo surgido apenas no olhar e baseado apenas nele. Essa é a trama que envolve uma bela jovem que procura por um apartamento em Paris e um americano de luto pelo suicídio da esposa. Sem nomes, sem revelar nada das suas vidas e tendo como objetivo dos encontros somente o sexo, eles percebem que a intimidade dessa relação não permite tamanho desprendimento.

3. Sex and the city: Livres, desempedidas, ricas e, claro, exigindo e sonhando com o melhor dos homens. As quatro amigas Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker), Samantha Jones (Kim Cattrall), Charlotte York (Kristin Davis) e Miranda Hobbes (Cynthia Nixon) tentam equilibrar o trabalho com seus relacionamentos.

4. Tudo o que você queria saber sobre sexo e tinha medo de perguntar: O diretor norte-americano Woody Allen resolveu pegar o livro sobre sexo do psiquiatra David Reuben e explorar seus capítulos com humor, em quadros como o corpo humano por dentro, em pleno ato sexual, um cientista que deseja criar a máquina de sexo e a mulher que só tem orgasmo em locais perigosos.

5. De olhos bem fechados: O casamento perfeito entre Bill Harford (Tom Cruise) e Alice (Nicole Kidman) é abalado após uma festa. Nela, a esposa confessa que, em seu passado, sentiu-se tão atraída por outro home que seria capaz de largar tudo por ele. A revelação deixa o marido perdido e, com ajuda de um amigo, descobre um mundo de jogos sexuais que desconhecia. Inspirado no livro Breve romance de sonho, De Arthur Schnitzler.

6. A Bela da tarde: Frustada por não conseguir alcançar prazer na cama com o marido, Séverine decide acabar com a infelicidade e procura um discreto bordel para realizar suas fantasias sexuais.

Livros:

1. A história íntima do orgasmo: uma análise do extase sexual para compreender culturas, religiões e grupos sociais. Desde os primeiros homens até o Viagra, o livro é indispensável para os que desejam compreender as relações amorosas, humanas e sexuais. Autor: Jonathan Margolis

2. Orgasmos: como chegar lá: Durante anos, a sexóloga Jenny Hare tentou compreender como é possível ajudar as mulheres a melhorar suas experiências sexuais, e desenvolveu um manual completo, com conselhos, técnicas e sugestões para que o sexo possa ser aproveitado ao máximo. Autora: Jenny Hare

3. A história de O: A novela sadomasoquista é uma fantasia de submissão feminina em que uma fotógrafa parisiense é vendade, acorrentada, chicoteada. Um dos clássicos da poder feminino no controle dos seus desejos sexuais. Autora: Pauline Réage.

4. Madame Bovary: o livro trouxe à sociedade francesa do século XIX uma visão nova da mulher. Através da história, viu-se o sexo feminino se destacando em uma sociedade que via o despertar da democracia. Além disso, Flaubert estimulou vários estudos sobre a emancipação feminina. Autor: Gustave Flaubert.

5. A dama do lotação: após ser estuprada pelo namorado até então casto, Solange fica traumatizada e não se deixa mais ser tocada por Carlos. Para provar que não é frígida, começa a seduzir, diariamente, homens em transportes coletivos, sem nunca saber seus nomes e não os vendo novamente. Autor: Nelson Rodrigues.

6. A casa dos budas ditosos: na história de CLB, uma mulher de 68 anos para quem repressão é uma palavra que não existe. Ao se deixar viver todas as infinitas possibilidades do sexo, ela resolve contar em suas memórias todas as experiências sensuais e bizarras pelas quais passou durante a vida. Autor: João Ubaldo Ribeiro.

Leia mais sobre sexo e prazer feminino na edição 269 da Revista do Correio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade