Publicidade

Correio Braziliense MATÉRIA DE CAPA

Reencontros no cinema

Dicas de filmes para você se emocionar


postado em 15/07/2010 17:08 / atualizado em 16/07/2010 23:05

Tarde demais para esquecer (1957)
Neste clássico dirigido por Leo McCarey, Cary Grant e Deborah Kerr interpretam Nickie e Terry, um playboy mulherengo com casamento marcado e ela, uma ex-cantora prestes a se casar. Num cruzeiro, eles se apaixonam e marcam um encontro, dentro de seis meses, no Empire State Building. Um acidente com Terry promove um desencontro, mas, anos depois, o casal se reencontra num desfecho emocionante.

Em algum lugar do passado (1980)
Num dos poucos papéis dramáticos de Christopher Reeve, o ator revela sensibilidade ao conduzir a história de um teatrólogo intrigado com uma senhora que o reconhece na estreia de uma peça. A partir daí, pesquisa a história dessa mulher, que em 1912 foi uma bela e famosa atriz. A muito custo, ele consegue voltar no tempo pela hipnose e reencontrar aquela que foi um grande amor do passado.

Amor à primeira vista (1984)
Estrelado por dois grandes atores de Hollywood, Meryl Streep e Robert De Niro, o filme mostra o dilema de Frank e Molly, duas pessoas casadas que se apaixonam, mas não veem perspectiva para um romance. A trama, sensível e nada óbvia, mostra o desenlace do encantamento entre um homem e uma mulher já comprometidos e como, ao se reencontrarem, escrevem um nova história.

A casa do lago (2006)
Nessa trama sobre amantes que se desencontram no tempo, Sandra Bullock interpreta uma médica solitária e Keanu Reeves, um arquiteto. Ambos moram na mesma casa com vista para um lago, mas não sabem que estão em tempos diferentes: ela, em 2006 e ele, em 2004. Depois de trocarem correspondências, eles decidem se encontrar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade