Publicidade

Estado de Minas CASA

Em sintonia com a natureza

Levar um pouco de verde para o lar não significa se restringir às plantas. Móveis feitos a partir de toras de madeira são uma opção bonita e que respeita o meio ambiente


postado em 21/09/2014 08:00 / atualizado em 19/09/2014 13:21

(foto: Clausem Bonifácio/Divulgação)
(foto: Clausem Bonifácio/Divulgação)

A natureza é uma inspiração constante. Perfeita, ela oferece milhões de ideias, texturas e formas. Nada cresce aleatoriamente. O que parece desordem é, na verdade, organização. "A natureza é um grande laboratório, uma biblioteca. Até o caos é, de certa maneira, organizado, as folhas e os galhos parecem crescer de uma maneira aleatória, mas seguem uma lógica. É uma beleza que não se questiona, que é naturalmente bonita", explica o arquiteto e designer Roque Frizzo.

(foto: Jomar Braganca/Divulgação)
(foto: Jomar Braganca/Divulgação)
O jeito mais clássico de incorporar o verde à decoração de ambientes é usando plantas. Mas uma boa opção é apostar em móveis que têm a natureza como inspiração. É possível encontrar peças feitas a partir de toras de madeira que seriam descartadas pela indústria madeireira — algumas até em excelente estado, com apenas pequenos defeitos. Para quem tem um relacionamento com a natureza, o uso desses objetos deixa a casa mais confortável e rústica. "Os elementos naturais, de uma certa forma, aterram o morador e trazem uma sensação única de aconchego", explica a arquiteta Cynthia Rondelli.

Esses móveis são indicados para as pessoas que têm uma ligação especial com o verde e querem manter o contato com a natureza mesmo na correria do dia a dia. "O legal da decoração do lar é enxergar quem mora na casa. E os móveis inspirados na natureza despertam uma curiosidade em quem vê, dá vontade de saber a história da peça", afirma Roque. Para manter o ambiente moderno, sem cair no caricato estilo rústico, Cynthia ensina: contrapontos são a chave. "Móveis de linhas retas e cores mais claras ampliam a presença frente aos que dão balanço à decoração."

 

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Mesa Água, de Domingos Tótora, na Hill House. A base é confeccionada em papelão moldado e tampo em vidro (R$ 14.000)

 

 

 

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Mesa Mangue, de Roque Frizzo, para a Saccaro. Seu design remete às raízes profundas dos mangues representadas nos pés da mesa, feitos em madeira. O tampo laminado tem detalhes a laser, que representam o caminhar dos caranguejos (R$ 28.522)

 

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Mesa de centro Raiz, na Líder Interiores(a partir de R$ 3.100)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade